O poder do digital para a Construção

06/07/2021

neves-e-ferrao-construao-digital.jpg

 

Há um interesse crescente em mudanças ecológicas e socioeconómicas em todo o mundo. A European Climate Foundation revela que 77% das pessoas com direito a voto querem que os partidos políticos façam algo para combater o aquecimento global. 

O setor de construção tem um papel a desempenhar na condução desta mudança internacional. 

As empresas do setor de construção devem comprometer-se a contribuir para uma economia mais verde e transformar-se para serem mais sustentáveis. Para fazer isto de forma eficaz, a transformação digital precisará de tornar-se a principal prioridade para as empresas de engenharia civil.

Ficar para trás no futuro da construção

A falta de digitalização sempre foi um problema para a indústria da construção. Apenas uma minoria das construtoras fazem uso pleno das ferramentas de planeamento digital. Esta falta de digitalização explica as ineficiências generalizadas no setor das empresas de engenharia civil. Em vez de se alinharem num único canal digital, os projetos costumam ser executados em várias linhas de comunicação, afetando a produtividade. 

Atualmente grande parte das empresas de construção em Lisboa utilizam uma combinação de canais de comunicação durante os processos diários, incluindo comunicação pessoal, por telefone, por e-mail ou em papel. Esta comunicação inconsistente tem um efeito indireto que afeta a sustentabilidade de um projeto, causando desperdício de recursos ou atrasos. 

Além disso, estes dois problemas podem ter um impacto prejudicial no meio ambiente. No entanto, o compromisso com a construção sustentável e o surgimento de “cidades inteligentes” está a impulsionar a mudança.

As cidades inteligentes recolhem dados de sensores IoT em várias infraestruturas e usam essas informações para otimizar serviços, desde distribuição de energia, coleta de lixo e gestão de transportes públicos. 

Se tivermos em conta que Portugal precisa de ter mais edifícios inteligentes, fica claro que a atual falta de digitalização é um problema que deve ser resolvido. As cidades inteligentes exigem uma nova forma de construir. As empresas de construção devem ser capazes de registar a “pegada” digital de cada projeto, gerando um rasto digital de materiais, entregas, emissões, etc. Isto permite que a manutenção e a gestão contínuas de um projeto de edifício inteligente ocorram mesmo após a entrega. As empresas de construção podem fazer melhorias a longo prazo num projeto tendo acesso a registos digitais, informações da construtora e muito mais.

Ao trabalhar num edifício inteligente, as empresas de construção também devem trabalhar em conjunto com as partes interessadas e parceiros, como empresas de tecnologia e dados e empresa de engenharia civil. Isto requer um nível de recolha e partilha de dados que vai além dos canais manuais ou offline. Em vez disso, as empresas de construção precisam de uma forma orientada para a digitalização que lhes permita recolher e partilhar informações internamente e com terceiros. Desta forma, a transformação digital será essencial para poder oferecer edifícios e processos construtivos mais eficientes.

Digitalização e sustentabilidade andam de mãos dadas na construção

Ao utilizar ferramentas digitais que permitem comunicação e colaboração contínuas, as construtoras serão capazes de aumentar a produtividade e a eficiência, ajudando-as a tornar os projetos mais sustentáveis. Por exemplo, se usarmos a desmaterialização dos fluxos de informação, que é mover tudo o que está em papel para o formato digital, podemos reduzir consideravelmente a quantidade de resíduos que são gerados por dia e os atrasos nas obras. Isto inclui desde licenças de construção até informações sobre rastreamento de materiais e controlo de qualidade das obras. Esta abordagem também ajuda a otimizar a comunicação e o partilha de informações, facilitando a construção de projetos com mais rapidez e, ao mesmo tempo, reduzindo o impacto ambiental.

A digitalização também é crucial para que o setor da construção desempenhe um papel na economia circular. Poder determinar quais são os materiais de que um projeto necessita é fundamental para reduzir o consumo, pois permite o reaproveitamento de materiais e a reciclagem de resíduos. 

Uma comunicação e colaboração eficazes dentro da empresa de construção e com terceiros, como empresas de reciclagem e gestão de resíduos, serão a chave para o sucesso da economia circular. A economia circular é também um destaque do plano de recuperação pós-COVID-19 da UE, que estima que serão criados até 700.000 novos empregos e novos tipos de funções.

O caminho a seguir

O mundo está a mudar rapidamente e a procura por construções sustentáveis cresce à medida que a população aumenta. As Nações Unidas preveem que dois terços dos habitantes do mundo viverão em cidades até 2050 e que o número de megacidades, com uma população de mais de dez milhões, aumentará em todo o mundo para 43 quando havia apenas 10 em 1990. Esta mudança levará a uma procura por métodos mais verdes de construção, e as empresas de construção serão responsáveis por fornecê-los. 

A mudança estrutural necessária na construção em Portugal, permitirá construir casas com menores prazos e custos, mais eficientes energeticamente e mais adaptáveis aos usos atualmente requisitados.

Atualmente o setor da Arquitetura Engenharia e Construção (AEC), apresenta ainda um déficit digital muito grande quando comparado a outras indústrias.

Para fazer face a este problema, é necessário um maior nível de digitalização para melhorar a comunicação, reduzir os resíduos gerados e promover a sustentabilidade das obras. É claro que será fundamental ser uma empresa digital e movida a dados e, portanto, as construtoras terão de preparar-se agora para enfrentar o futuro ou correr o risco de perder oportunidades de negócios que acabarão nas mãos de outras empresas mais avançadas digitalmente e mais ambientalmente amigáveis.

Se ainda não conhece os nossos projetos de construção e arquitetura, consulte o nosso portefólio aqui.


Destaques e Novidades

Construção 4.0: a nova realidade digital

Construção, Todas . 24/05/2021

Construção 4.0: a nova realidade digital

Ver mais +
5 benefícios da automatização de edifícios inteligentes

Construção, Todas . 24/05/2021

5 benefícios da automatização de edifícios inteligentes

Ver mais +
O betão pronto e o fim das cinzas volantes: mais um desafio para a construção

Construção, Todas . 17/09/2019

O betão pronto e o fim das cinzas volantes: mais um desafio para a construção

Ver mais +
Sete razões a ter em conta quando procurar um construtor

Construção, Todas . 02/09/2020

Sete razões a ter em conta quando procurar um construtor

Ver mais +
Coberturas inclinadas vs coberturas planas

Construção, Todas . 11/03/2020

Coberturas inclinadas vs coberturas planas

Ver mais +
Pavimento flutuante ou madeira maciça. Descubra qual o melhor para si.

Construção, Todas . 06/01/2020

Pavimento flutuante ou madeira maciça. Descubra qual o melhor para si.

Ver mais +
Diferenciação na Construção

Construção, Todas . 05/05/2021

Diferenciação na Construção

Ver mais +
O poder do digital para a Construção

Construção, Todas . 06/07/2021

O poder do digital para a Construção

Ver mais +
Tudo o que precisa de saber para construir uma casa

Construção, Todas . 18/04/2022

Tudo o que precisa de saber para construir uma casa

Ver mais +
Fatores a ter em conta quando pede um orçamento de construção

Construção, Todas . 22/06/2021

Fatores a ter em conta quando pede um orçamento de construção

Ver mais +
Concluímos a obra da Póvoa De Santa Iria

Construção, Todas . 17/07/2020

Concluímos a obra da Póvoa De Santa Iria

Ver mais +

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização Está a usar um navegador desatualizado. Por favor, actualize o seu navegador para melhorar a sua experiência de navegação.